Da minha sombra

Da minha sombra
Não compreendo o fim
Julgo-me maior

JV

Quantos dias são

Do amanhecer
Até ao sol se deitar
Quantos dias são

Correr, esperar
Ir a terras distantes
No mesmo lugar

No fim do dia
Nas estações, paragens
Onde procuro

Eternidade
Nas luzes esbatidas
Sinal distante

JV

(In)voluntários I

Até que as pedras
Se tornem mais leves
Que a água

António Lobo Antunes

Mergulhar

Mergulhar para
No íntimo quebrar
As correntes

Flutuar. Saber
Ser levado pela
Tua corrente

JV

Enorme oceano

Com a distância
Mostras-te mais perto
Posso sussurrar

Com o que quebrou
Construímos a torre
De onde vemos mais

Enorme oceano
Não é salgado demais
Para o tragar

JV