Em meus braços

Olhas sem me ver
Fitas um som distante
Trovão e sombra

Dormes tranquilo
Seguro numa força
Que treme por ti

Quem és tu, amor?
Estranho a quem amo
Bebé ao colo

EV

1 comentário:

  1. Xôr "Deus comnosco" Vicente...como vai esse rebento?
    Gostei mt deste haiku, está excelente! Compreendo realmente para alem da metrica...mt fixe!
    És o Máior...

    ResponderEliminar